quarta-feira, outubro 15, 2008

::: Soldado de Chumbo :::
Detonautas
Quando penso que encontrei o meu lugar,
não me encontro dentro dele.
Um soldado que vive no inferno,
quando a guerra acaba não consegue descansar.

Você já se pegou vivendo um personagem,
que não era bem o seu papel.
Pois na teoria onde tudo é tão perfeito,
mas basta abrir a porta pra gente complicar.

Tínhamos soluções pra tudo,
tudo era tanto que parecia pouco.
Diante dessa eternidade,
do eterno e pra sempre e hoje, vamos navegar.

Já não temos mais outra saída
Eu não sinto mais vontade de te amar

2 comentários:

Bel :) disse...

adoro absurdamente o seu blog (:

:* querida

Fê Chaves disse...

Obrigada, Bel!
Não sabia que ele tinha leitores...
Beijinhos!!